Exames

GDX

Análise Polarimétrica da Camada de Fibras Nervosas


Clique para ampliar
A polarimetria de varredura a Laser (LSP), utiliza as propriedades birefringentes da camada da fibras nervosas, a qual modifica a polarização da luz quando é iluminada. Esta alteração é proporcional à espessura do tecido birefringente, permitindo assim obter uma medição quantitativa e objectiva da espessura da camada de fibras nervosas da retina, na região que envolve o disco óptico.
O glaucoma é uma importante causa de cegueira e consiste na perda progressiva de fibras do nervo óptico.

A diminuição da espessura da camada de fibras nervosas é o sinal mais precoce de glaucoma.
Este equipamento, cujas sucessivas melhorias têm permitido aumentar a sua fiabilidade, constitui actualmente um importante instrumento para a detecção e seguimento do glaucoma. É totalmente objectivo, de rápida execução e, está indicado nos doentes com hipertensão ocular, suspeitos de ter glaucoma ou com a doença já declarada, e em casos com antecedentes familiares de glaucoma.

Topografia Corneana

A Topografia corneana baseia-se na projecção de uma série de anéis concêntricos sobre a córnea (discos de Plácido), sendo a imagem reflectida detectada por uma câmara de vídeo. A informação recolhida através da medição das distâncias entre os anéis reflectidos, é analisada pelo software do computador e mostrada de diversas formas – mapas colorimétricos tangenciais, sagitais e três dimensões.

Os exames imagiológicos mais recentes combinam o método descrito com outras tecnologias, por forma a obter mais informação, para além do estudo da superfície anterior da córnea.

No IMO estão disponíveis os seguintes equipamentos, todos de última geração :

  • O ORBSCAN II combina a informação fornecida pela topografia com um sistema de "scanning" por fenda, o qual permite obter mapas de elevação da superfície anterior e posterior da córnea, espessura da córnea e, profundidade da câmara anterior.
  • O PENTACAM é uma câmara de Scheimpflug rotativa que em menos de dois segundos executa 50 varrimentos (scans). Obtem imagens desde a superfície anterior da córnea até à superfície posterior do cristalino.
  • Esta tecnologia constitui uma tomografia do segmento anterior, obtendo um mapa topogáfico real de elevação da superfície anterior e posterior da córnea, aberrometria corneana, mapa da espessura real da córnea (paquimetria) em toda a sua extensão, apresentação da imagem de toda a câmara anterior, permitindo obter várias medições, como a sua profundidade e volume, para além da medição do ângulo irido-corneano.

(clique para ampliar)


(clique para ampliar)

Apresenta também o estudo densitométrico do cristalino, informando assim o estado evolutivo das cataratas.


(clique para ampliar)

SIRIUS CSO é também uma câmara de Sheimpflug proporcionando ainda informação adicional, como por exemplo o estudo pupilométrico, nos diferentes ambientes de iluminação. É neste equipamento que se faz a aquisição da topografia/aberrometria/mapa de elevação anterior da córnea, para os tratamentos personalizados com o Laser Excimer Schwind Amaris.

Todos estes equipamentos possuiem fórmulas para a detecção do queratocone sub-clínico, cujo despiste é fundamental em todos os candidatos a cirurgia refractiva corneana com o Laser Excimer.

Paquímetro

DESCRIÇÃO

Exame através do qual medimos a espessura da córnea; Há contacto directo da sonda no olho – invasivo.

Necessita de anestésico. Realizado no pré operatório da Cirurgia Refractiva e na HTO

INDICAÇÕES PRÉVIAS

No contexto dos exames pré operatórios de cirurgia refractiva se o doente usar L.C deve estar sem as usar:

- 1 semana antes no caso de serem hidrófilas

- 3 semanas/1 mês no caso de serem semi rígidas

CONSENTIMENTO INFORMADO

Não

QUEM PODE EXECUTAR

Ort /AO/Médico Oftalmologista

DILATAÇÃO

NÃO É NECESSÁRIO DILATAR

DILATAÇÃO NÃO INTERFERE COM O EXAME

CUIDADOS APÓS O EXAME

Não aplicável

Retinómetro

DESCRIÇÃO

Avalia o prognóstico da acuidade visual apos cirurgia da catarata

INDICAÇÕES PRÉVIAS

Não aplicável

CONSENTIMENTO INFORMADO

Não

QUEM PODE EXECUTAR

Médico Oftalmologista

DILATAÇÃO

NÃO DILATAR!

CUIDADOS APÓS O EXAME

Não aplicável

Visão Cromática

Estudo elaborado da visão cromática - consiste na ordenação de 100 tons diferentes com cada olho.

Dá origem a um score de erro comparável ao longo do tempo.

Caracteriza muito detalhadamente as alterações da visão cromática.

EQUIPAMENTO

Farnsworth 100 HUE

INDICAÇÕES PRÉVIAS

Deve trazer os óculos que usa

Mais artigos...

Pág. 1 de 7

Início
Anterior
1

Consultas

Microcirurgias

On-Line

Temos 16 visitantes em linha