Aberrometria

Técnica desenvolvida a partir do mundo da astronomia, conhecida por técnica de Shack-Hatmann, mede as aberrações ópticas do olho, como um todo, através da utilização de um feixe de laser infra-vermelho de pequeno diâmetro, focado na retina.

Este pequeno foco da retina actua como fonte emissora de feixes de luz, os quais são afectados por todos os elementos ópticos do sistema ocular e analisados por um conjunto de lentes que os compara com o sistema óptico ideal.

clique para ampliar

 

O IMO dispõe de dois aberrómetros:

  • Technolas
  • I-Trace.

Este último mede a aberrometria total e a aberrometria corneana, conseguindo, por subtracção, obter a aberrometria do cristalino. Trata-se de uma importante ferramenta para a avaliação da qualidade de visão, quer em determinadas situações patológicas, quer em cirurgia refractiva.

As tecnologias diagnósticas descritas são actualmente indispensáveis na Cirurgia Refractiva (miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia), quer como meio de despiste dos casos em que a cirurgia Laser está contra-indicada, como por exemplo nos casos de queratocone sub-clínico, quer para o planeamento da referida cirurgia, particularmente na chamada ablacção personalizada, baseada na topografia corneana ou na aberrometria total.

Assim, o IMO dispõe de todo o leque de exames actualmente disponíveis, cobrindo a avaliação pré-operatória dos candidatos a cirurgia refractiva, a selecção dos casos com indicação para cirurgia personalizada e o seu planeamento, e ainda a avaliação pós-operatória, nomeadamente da qualidade de visão.

On-Line

Temos 22 visitantes em linha