Angio - OCT

Ao aparelho de Tomografia de Coerência Óptica foi recentemente acoplado um novo software que permite a realização do chamado Angio-OCT ou abreviadamente OCT-A. Este exame baseia-se no principio de que num olho estático os artefactos de movimento detectáveis devem-se exclusivamente à corrente sanguínea.

Desta forma, a diferença de sinal obtido no mesmo local da retina, através da emissão e recepção do “scan laser” correspondem ao movimento do sangue dentro dos vasos da retina. Sistemas de correcção do movimento dos olhos bastante complexos (designados de “eye tracking”) permitem eliminar o eventual “ruído” produzido pelos movimentos oculares involuntários e desta forma, através de algoritmos complexos e bastante elaborados, obter imagens bastante pormenorizadas dos plexus vasculares retinianos.

Este exame torna-se, portanto, muito útil no estudo das doenças vasculares da retina e coroideia, nomeadamente a Degenerescência Macular ligada à Idade, a Retinopatia Diabética, a Oclusão Venosa da Retina, entre outras patologias frequentes.

Possui o Instituto de Microcirurgia Ocular a última geração do software para a realização do Angio-OCT (OCT-A), que está sistemáticamente a ser realizado de acordo com as normas do fabricante (Heidelberg Engeneering), permitindo de forma não invasiva e confortável para o doente a obtenção de imagens da circulação da retina nos seus diferentes plexus com um nível de resolução quase anatómico de tão preciso que é.

Imagem do OCT-A